BLOG DA MD

Conheça alguns dos insetos mais perigosos do mundo

17/07/2019
14:32:37

A população mundial atualmente está em torno de 7,7 bilhões de pessoas que estão distribuídas nos diversos países. O número é bastante grande, porém temos que lembrar que não existem apenas humanos por aí. Estima-se que existam entre 5 e 10 milhões de espécies de insetos no mundo e somente uma pequena parte chegou a ser catalogada.

Alguns dos insetos chegam a causar pavor em muitas pessoas, quem nunca na vida tomou um susto ou correu de uma barata? Pode confessar, ninguém está vendo! Os insetos são sem dúvida alguma os seres que mais dividem opiniões no planeta, porém não dá para negar que eles são extremamente importantes quanto se trata de equilibro ecológico. Prepare-se pois hoje iremos conhecer alguns dos insetos mais perigosos do mundo.

1. Mosquitos: existem inúmeros mosquitos espalhados pelo mundo e eles são responsáveis por milhões de mortes anualmente, isso porque na maioria das vezes as fêmeas na maioria das espécies, sugam o sangue de outros animais e acabam espalhando várias doenças;

2. Formiga Dorylus: essa espécie de formiga possui a maior colônia quando comparada a de outros insetos. Cada colônia possui cerca de até 22 milhões de membros que em grupos atacam até mesmo elefantes. Elas são encontradas principalmente na África e é considerada a maior formiga do mundo. Uma única picada desse inseto causa feridas consideravelmente grandes e doloridas, isso porque elas possuem mandíbulas bastante fortes. A Dorylus não chega a matar um humano, mas pode matar outras espécies de animais;

3. Vespa Japonesa Gigante: a maior espécie de vespa do mundo pode chegar a medir até duas polegadas e todos os anos é responsável por cerca de 40 mortes. O veneno do inseto gera uma reação alérgica e dissolve os tecidos dentro de pouco tempo. Picadas repetidas de um grupo dessas vespas japonesas resultam na morte de animais de qualquer espécie;

4. Abelha Assassina: somente pelo nome dá para se ter uma ideia do quão perigoso o “insetinho” é. A abelha africanizada ficou popularmente conhecida como abelha assassina porque reagem muito rapidamente a perturbações. As abelhas assassinas andam sempre em grupos e são capazes de seguir uma pessoa por mais de 400 metros atacando diversas vezes com várias picadas principalmente na região facial. A morte é praticamente inevitável na maioria dos ataques;

5. Triatominae: popularmente conhecido no Brasil como “barbeiro”, esse inseto atua como transmissor da doença de Chagas e é responsável por cerca de 12.000 mortes a cada ano, não só de humanos, mas de outras espécies de animais também. Uma única picada desse inseto gera mudanças imediatas no corpo, além disso causa vergões e erupções cutâneas;

6. Mosca Tsé-tsé: essa espécie nativa da África, possui a picada mais mortal da região e se alimentam principalmente do sangue de vertebrados. Esse inseto é responsável pela transmissão do Trypanosoma brucei, o tripanossoma causador da doença do sono que nos casos mais graves e sem o tratamento adequado pode levar à morte. Somente em 2015, cerca de 3.500 mortes foram registradas.

É inevitável lembrar que sempre que formos picados por algum inseto ou animal que apresente risco à nossa saúde, devemos procurar urgente um especialista para poder tomar as providências cabíveis. Os insetos na maioria das vezes podem até parecer inofensivos, mas devemos tomar muito cuidado.

Fonte: www.tricurioso.com

Texto: Manoel Netto

Foto: internet /google

Deixe um comentário

Nome *

E-mail *

Mensagem *