• Veja como as baratas transmitem doenças aos humanos

    Veja como as baratas transmitem doenças aos humanos
    Compartilhar:

    Esses insetos de corpo achatado são sinônimos de sujeira e falta de higiene. Além disso, seus hábitos de alimentação e nidificação podem acumular uma variedade de organismos patogênicos que transmitem aos alimentos e às superfícies por onde passam. Dessa forma, não é de surpreender que eles transmitam muitas doenças, por isso é melhor tomar as medidas necessárias para se livrar das baratas.

    Como as baratas transmitem doenças aos humanos?
    Geralmente, as baratas podem transmitir doenças de várias maneiras. No entanto, os mais comuns são três:

    Fezes de baratas ou seus excrementos
    Saliva ou vômito
    Por contato físico

    Na maioria dos casos, a transmissão da doença ocorre pelo contato com elementos contaminados pelas baratas. Dessa maneira, a transmissão geralmente ocorre ao comer ou beber algo que tenha estado recentemente em contato com baratas ou colocando utensílios ou objetos que possam ter saliva ou fezes de barata em nossa boca.

    Fezes de baratas
    Devido a seus hábitos alimentares inadequados, as baratas podem transmitir patógenos nocivos por meio de seus excrementos. Assim, quando uma barata come algo contaminado, ele entra em seu corpo e pode permanecer em seu sistema digestivo. O patógeno fica lá e aparece nas fezes das baratas, passando para as superfícies ou alimentos em que esses insetos excretam.

    Saliva ou vômito
    Saliva ou vômito é um dos meios pelos quais as baratas também podem espalhar doenças. Forma muito semelhante à das fezes das baratas, pois a saliva ou o vômito podem abrigar patógenos acumulados ao comer alimentos em mau estado.

    Contato físico
    As baratas vivem em esgotos, fossas, ralos e recipientes de lixo. Lá eles costumam entrar em contato com uma grande variedade de organismos, especialmente bactérias e vírus, que aderem ao corpo desses insetos.

    As pernas de uma barata, por exemplo, têm espinhos sensíveis ao toque e fornecem uma superfície ideal para a coleta de patógenos . Dessa maneira, se entrarmos em contato físico com uma barata, podemos receber os vírus e bactérias que vêm com ela.

    Doenças que as baratas transmitem às pessoas
    Existem várias doenças transmitidas por baratas, embora geralmente as mais comuns sejam as seguintes.

    Salmonelose
    As baratas transmitem a bactéria Salmonella causadora da salmonelose, doença que nas pessoas apresenta sintomas muito semelhantes aos de uma intoxicação alimentar (febre, diarreia e vômitos). Além diso, as baratas acumulam bactérias rastejando na sujeira e se alimentando de comida estragada. A bactéria Salmonella pode permanecer no sistema digestivo desses insetos por até um mês e é depositada por meio de ovos de baratas ou de seus excrementos.

    Listeriose
    A listeriose é uma infecção grave causada pela bactéria Listeria monocytogenes. É contraída pelo consumo de alimentos e bebidas em más condições e afeta principalmente pessoas com sistema imunológico debilitado, mulheres grávidas, recém-nascidos e idosos. Os sintomas geralmente são febre, dores musculares e diarreia . Em casos mais graves, a listeriose pode causar aborto espontâneo ou parto prematuro em mulheres grávidas.

    Campilobacteriose
    Campilobacteriose é uma infecção causada pela bactéria Campylobacter. Muito comum em humanos, é uma infecção transmitida por alimentos e bebidas em mau estado que entraram em contato com baratas. Os sintomas são diarreia, cólicas, dor abdominal e febre. A doença pode durar entre 2 e 10 dias.

    Infecção por E. coli
    Escherichia coli (E. coli) é uma bactéria geralmente encontrada no intestino das pessoas. Embora a maioria das cepas dessa bactéria sejam inofensivas, algumas podem causar intoxicações alimentares graves. Os sintomas mais comuns são diarreia e cólicas abdominais, que podem ser acompanhadas por febre, náuseas e dores musculares.

    Febre tifóide
    A febre tifóide é uma infecção bacteriana causada pela bactéria Salmonella typhi. Acredita-se que as baratas carregam essa bactéria ao consumir as fezes contaminadas nas quais viveram. No entanto, a febre tifóide é uma doença mais comum em países com saneamento precário e acesso limitado a água potável. Os sintomas desta doença são febre, dor de cabeça, diarreia, cansaço geral e dores musculares.

    Cólera
    A cólera é uma infecção diarreica aguda causada pela bactéria Vibrio cholerae. Contudo, é mais comum em países menos desenvolvidos e se espalha por meio de alimentos e bebidas estragados. Dessa forma, as fezes de baratas nesses alimentos podem fazer com que as bactérias entrem no corpo das pessoas.

    Disenteria
    A disenteria é um tipo de gastroenterite que pode ocorrer de duas maneiras diferentes:

    Disenteria bacilar: também conhecida como shigelose, é causada pela bactéria Shigella.

    Disenteria amebiana: ocorre em áreas tropicais e é causada por um parasita unicelular chamado Entamoeba.

    A disenteria é transmitida por meio da má higiene das mãos e do consumo de alimentos e bebidas contaminados ou estragados . Os sintomas são diarreia, congestão nasal, cólicas estomacais dolorosas, náuseas, vômitos e febre alta.

    Em resumo, as baratas são insetos que podem espalhar doenças para as pessoas. É por isso que você deve prestar atenção especial em casa se vir uma barata. Provavelmente haverá mais alguns, portanto, precisamos resolver o problema antes que se torne uma praga.

    Foto: internet /google /reprodução
    Fonte: www.pragaseeventos.com.br

    VOLTAR
    Compartilhar: